Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Gulinha.

Peixe, carne, legumes. Entradas, sobremesas, petiscos. Experiências. Dicas. Erros. Um forno temperamental. Mesas para dois ou para dez. Dias bons, muito bons e assim-assim. A minha cozinha tem de tudo. E é o meu sítio mais feliz.

Peixe, carne, legumes. Entradas, sobremesas, petiscos. Experiências. Dicas. Erros. Um forno temperamental. Mesas para dois ou para dez. Dias bons, muito bons e assim-assim. A minha cozinha tem de tudo. E é o meu sítio mais feliz.

Gulinha.

09
Out17

A marinada que salva os bifes grelhados.

A marinada que salva os bifes grelhados.

 

Menos é mais. Quanto mais simples melhor.

 

É verdade, sim. Em quase tudo. Mas na cozinha há tanto, tantos sabores, tantas conjugações, tantas possibilidades, que é uma pena não ir um pouco mais além quando se pode. É claro que o "demais" também existe nos tachos. Mas acho que o problema, na maioria das vezes, nem está nas muitas coisas – está nas más combinações entre elas.

 

Cá em casa nenhum de nós é graaaande fã de bifes de vaca (embora eu ache piada a algumas variações, vá). Tudo somado, acho que comemos para aí um bife por ano. Dois, no máximo. Não é que não gostemos... Mas há tantas coisas melhores, mais saborosas, mais "divertidas", que o bife é sempre o parente pobre. Bife frito, então, nunca (mas isso também é porque há muito pouca coisa que se frite neste lar).

 

Bom, os nossos bifes de 2017 foram feitos ontem ao almoço. Grelhados, claro. Mas não ficaram aquela coisa meio desengraçada do bife que leva sal, vai à chapa e pronto. Quando os grelho, normalmente o tempero não se fica pelo sal. E a prova de que ficam mesmo bons é que no fim até nos apetece comer mais um bocadinho ou repetir daí a uns dias. Mesmo sendo meio avessos a bifes.

 

São bifes grelhados, mas quase que parecem fritos. Quem gostar de bifes que experimente já isto. E quem não gostar que experimente também. Resulta! A sério!

 A marinada que salva os bifes grelhados.

 

(É quase tonto pôr uma receita de bifes grelhados num blog, não é? Mas aqui o que importa mesmo é a marinada.)

 

---

 

sep receitas.png

Bifes de vaca grelhados com mel e molho de soja

Ingredientes [para duas pessoas]:

2 bifes de vaca

Sal, pimenta preta, orégãos e azeite q.b.

1 dente de alho grande

100 ml de molho de soja

50 ml de vinho branco

1 c. de sopa de mel

 

***

 

Pois é. Esta receita esgota-se na marinada, basicamente. E não tem nada, mesmo nada, que saber: meia hora antes de cozinhar os bifes, tempere-os com sal, o dente de alho, pimenta preta, orégãos, um fiozinho de azeite, o mel, o vinho branco e o molho de soja. Envolva tudo muito bem e reserve até serem horas de grelhar.

 

Depois, é só aquecer o grelhador e passar os bifes a gosto (cá em casa somos pelo médio/mal passado – um minuto de cada lado, ou nem tanto se os bifes forem fininhos).

 

E pronto. Está feito. Eu bem disse: ciência zero, aqui. O truque é mesmo a marinada, que transforma um bife grelhado n'O bife grelhado.

 

Bom apetite!

 

sep notas.png

 

Notas:

* Se preferir fritar os bifes esta marinada também resulta bem.

 

* Para que os bifes fiquem mesmo suculentos é preferível não os temperar com muita antecedência. O sal tende a secar os alimentos – e em bifes fininhos isso acontece muito mais depressa. Aqui, como há vinho e outros líquidos à mistura, não é tão grave. Mas a meia hora de tempero chega bem.

 

* Em vez do vinho branco pode usar vinho tinto. Ou moscatel. Ou vinho do Porto. Experimente vários sabores e ajuste as quantidades ao seu gosto.

 

* Se aumentar um pouco as quantidades da marinada pode depois aproveitar os líquidos e levar ao lume a reduzir. Fica com um molhinho bem bom!

Sofia.

Mais Gulinha.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Dar sangue. Dar medula. Dar vida.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D