Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Gulinha.

Peixe, carne, legumes. Entradas, sobremesas, petiscos. Experiências. Dicas. Erros. Um forno temperamental. Mesas para dois ou para dez. Dias bons, muito bons e assim-assim. A minha cozinha tem de tudo. E é o meu sítio mais feliz.

Peixe, carne, legumes. Entradas, sobremesas, petiscos. Experiências. Dicas. Erros. Um forno temperamental. Mesas para dois ou para dez. Dias bons, muito bons e assim-assim. A minha cozinha tem de tudo. E é o meu sítio mais feliz.

Gulinha.

16
Out17

O bolo de anos da minha mãe.

O bolo de anos da minha mãe.

 

A minha mãe fez 60 anos na sexta-feira. Naquilo que foi um empenho familiar notável, umas 30 pessoas (ou mais) sabiam do jantar surpresa que eu lhe estava a organizar e ainda assim ela não desconfiou de rigorosamente nada até ao último segundo. Foi muita emoção. Lá isso foi. Para ela, acima de tudo, mas também para todos os presentes. Sinto que o trabalho e o esforço valeram a pena (parecendo que não, no final da noite e no dia seguinte estava de rastos, tal era o cansaço acumulado – pela saga do jantar e por muitas outras coisas). A noite foi feliz e radiosa, para a aniversariante e para todos os que a surpreenderam.

 

Presentes não faltaram, é claro. Foram, sobretudo, livros, entre vários outros mimos. E houve também esta peça linda:

 

Escultura

 

Pedi a uma grande amiga, com um coração e um talento enormes, que ma esculpisse. É barro. E é um belo retrato de amor.

 

(Em breve esta minha amiga vai ter um site todo catita. Depois mostro. :) )

 

---

 

Aniversário que é aniversário pede bolo. Aniversário dos 60 anos e que envolve jantar surpresa pede um senhor bolo. Estive até à última da hora sem saber bem com quem contava para os "Parabéns", e por isso pela certa tive de fazer um bolo generoso – por generoso entenda-se coisa aí de uns 3,5 kg...

 

O bolo de anos da minha mãe.

 

As fotografias (amanhã há mais) não são bonitas porque, caramba, era o jantar de aniversário minha mãe. Preocupei-me mais com isso do que com cenários lindos e luzes ideais e ângulos perfeitos. Foi de tal ordem que nem consegui tirar fotografias a uma única fatia de bolo! Mas eu descrevo, para perceberem as coisas boas que se passavam ali dentro:

 

     * Três camadas de bolo fudge de chocolate;

     * Ganache de chocolate entre a camada inferior e a do meio, com morangos fatiados;

     * Doce de frutos vermelhos entre a camada do meio e a superior;

     * Mais ganache de chocolate na cobertura.

 

Quando acabei de "montar" o bolo, e ainda antes de o decorar, não fiquei lá muito contente. Não sei... Acho que tinha feito planos brilhantes e que depois o resultado não me parecia assim tão luminoso. Mas a verdade é que quando a decoração ficou pronta mudei de opinião. Se é um bolo artisticamente perfeito? Não. Se a decoração o tornou lindo e amoroso? Sem dúvida. Se o sabor convenceu? A-b-s-o-l-u-t-a-m-e-n-t-e.

 

Era um bolo meio húmido, mas nada pesado. E... Bom! É a única palavra que me ocorre. ;) Não ficou muito doce porque roubei quase metade à quantidade de açúcar da receita original (o que não prejudicou o resultado final em termos de textura e evitou que se tornasse enjoativo), e também porque a ganache era de chocolate preto. Por outro lado, aqueles morangos ali no meio deram-lhe um toque ácido muito simpático.

 

Falando da decoração, e porque mesmo naquela noite me fizeram algumas perguntas:

 

     * A vela veio pelo eBay (há lojas de bolos que vendem velas destas, mas eu não consegui encontrar uma assim, com o 60 "todo junto");

     * O topo de bolo a dizer "Parabéns" foi feito por mim (segui este esquema, mas como o material que usei não foi exatamente o mesmo acabei por ter de inventar um bocadinho);

     * As pérolas brancas vieram do Carrefour de Badajoz (cá encontram-se, claro, em lojas de bolos – mas lá saem muito baratas, e como eu lá estive...).

 

A receita chega amanhã, porque este post já vai longo. E além disso um bolo destes bem merece dois posts, ou não?

 

(Prometo que a espera vai valer a pena. O bolo é fácil de fazer e resulta mesmo, mesmo muito bem.)

2 comentários

Comentar post

Sofia.

Mais Gulinha.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Dar sangue. Dar medula. Dar vida.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D