Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Gulinha.

Peixe, carne, legumes. Entradas, sobremesas, petiscos. Experiências. Dicas. Erros. Um forno temperamental. Mesas para dois ou para dez. Dias bons, muito bons e assim-assim. A minha cozinha tem de tudo. E é o meu sítio mais feliz.

Peixe, carne, legumes. Entradas, sobremesas, petiscos. Experiências. Dicas. Erros. Um forno temperamental. Mesas para dois ou para dez. Dias bons, muito bons e assim-assim. A minha cozinha tem de tudo. E é o meu sítio mais feliz.

Gulinha.

25
Out17

Frango assado no forno cá de casa.

Frango no forno com limão, mel e ervas.

 

É verdade que frango assado da churrasqueira é a salvação em muitos dias. Também é verdade que frango, assado ou não, costuma ser aposta ganha – os miúdos gostam e os graúdos também, e além disso é uma carne de onde se pode fazer muita coisa e que é amiga das dietas. Difícil ser melhor, não?

 

Cá em casa o frango "acontece" de algumas formas. Estufado à moda da minha mãe (que hoje é a moda cá de casa...) era um dos pitéus da minha infância. Fricassé sempre me deixou contente, também. E depois havia caril de frango. E havia bifes de frango panados. E havia frango no forno com natas e cerveja. E agora há disto tudo cá em casa.

 

Coisa que lá em casa poucas vezes se fez, nem sei bem porquê, foi frango assado no forno. Mas sequinho, tostadinho por fora e suculento por dentro, é uma maravilha. Por isso neste fim de semana decidi levar duas pernas de frango ao forno, com o tempero "que calhou". E ficaram exatamente como eu queria (apesar de alguns percalços com o forno): tostadinhas e suculentas.

 

---

 

sep receitas.png

Frango no forno com limão, mel e ervas

Ingredientes [para duas pessoas]:

2 pernas de frango inteiras (coxa + perninha)

500 ml de leitelho

2 cálices de vinho branco

150 ml de azeite

3 c. de sopa de mel

2 dentes de alho esmagados

Sumo de 1/2 limão

Sal, pimenta preta, salva, colorau e tomilho q.b.

 

***

 

Esta receita começa na noite anterior, se o frango for para o almoço, ou logo de manhã, se for para o jantar. O que é preciso fazer? Separar as coxas das perninhas, dar uns golpes nos pedaços da carne (dos dois lados) e deixar o frango a marinar durante a noite, ou durante o dia, no leitelho. (Se for durante o dia, vire a carne a meio do tempo; se for durante a noite e tiver uma insónia aproveite para fazer a mesma coisa.)

 

Cerca de hora e meia antes de levar o frango ao forno, misture, numa taça onde a carne caiba, todos os restantes ingredientes. Primeiro, junte o vinho, o azeite e o mel e misture bem, para o mel dissolver. Depois acrescente os dentes de alho esmagados, o sumo de limão, o sal, a pimenta preta, as folhas de salva e tomilho e o colorau. Misture tudo, junte o frango a esta marinada (o leitelho deita-se fora nesta altura) e envolva muito bem. Deixe repousar e a meio do tempo vire a carne.

 

A partir daqui, quem trabalha é o forno (que vai pré-aquecer nos 200º C). Só tem de forrar um tabuleiro daqueles de grelha com papel vegetal (quer dizer: ter, não tem, mas ajuda na altura de lavar), pôr a grelha no tabuleiro e por cima colocar os pedaços de frango. Depois, é levar ao forno. Ao fim de uma meia hora vire os pedaços e baixe a teperatura do forno para os 180º C. A partir daí, mais meia hora deverá ser suficiente para a carne ficar bem cozinhada.

 

E pronto! Depois é só servir. E saborear. :)

 

Frango no forno com limão, mel e ervas.

 

sep notas.png

 

Notas:

* O meu forno, como está escrito no cabeçalho deste blog, é temperamental. Por isso nem vou dizer aqui o tempo que demorei a cozinhar este frango... Ao fim de uma hora (metade para cada lado do frango) espreite na zona dos golpes se a carne já está pronta. Se não estiver, baixe o lume aí para os 160º C e vá virando o frango e controlando o ponto de cozedura, para que a carne não seque demasiado. Mas frango mal passado é que nem pensar, já se sabe!

 

* O primeiro passo, o do leitelho, não é obrigatório. Mas que faz muita diferença... Isso faz. O que o leitelho vai fazer à carne é amaciá-la. É claro que peitos e pernas de frango não são iguais no que toca a "macieza", mas visto que a carne vai ser assada no forno, e sem molho...

 

* A receita do (delicioso, magnífico, inesquecível) puré de couve-flor que serviu de acompanhamento a este frango está aqui.

Sofia.

Mais Gulinha.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Dar sangue. Dar medula. Dar vida.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D